Untitled Document
HOME | ENTRE EM CONTATO   
Untitled Document
A HISTÓRIA DOS MARCOS DA CIDADE

"Cada cidade tem a sua fisionomia,
a sua feição, como as pessoas têm um
conjunto de traços com os quais se constrói
a sua identidade, o seu caráter.
Mas uma fisionomia se transforma
com o tempo. Em São Paulo, esse caráter
se perde com facilidade e as novas gerações
se perguntam qual é a nova fisionomia,
qual é o caráter da cidade."
Nestor Goulart Reis Filho, São Paulo e outras cidades:
produção social e degradação dos espaços urbanos.



Todas as cidades guardam vestígios do passado: estilo arquitetônico, logradouros, prédios públicos, religiosos, comerciais, esportivos e de lazer, manifestações artísticas ou, simplesmente, alicerces de uma fundação, pedras gastas pelo tempo. Uma leitura dos marcos históricos de uma cidade possibilita uma maior compreensão do seu presente.

São Paulo, apesar das vertiginosas transformações urbanas sofridas nas últimas décadas, preservou espaços que denotam formas de organização urbana diferenciadas: a cidade colonial com suas construções de taipa, fortemente marcada pela arquitetura religiosa; a cidade do tempo do Império, com sobrados e os primeiros sinais de vida urbana; a cidade sob a influência européia de viés aristocrático; a cidade modernista e a cidade-metrópole.




Com uma população estimada de 10.406.166 habitantes, 1 em 2000, a cidade mudou completamente a sua fisionomia ao longo dos anos num acelerado processo de degradação. Mais um motivo para buscarmos, em suas ruas e becos, indícios de uma história, imagens de uma cidade que, no passado, tinha proporções humanas. É este o desafio!

Untitled Document

Copyright © BEI - Todos os direitos reservados